segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Padlet - Mapas e Timeline



O Padlet acrescentou dois novos murais à sua já basta gama de murais.
Agora podemos criar com o padlet murais digitais em "cima" de uma mapa. Escolhemos a localização e depois o procedimento é o mesmo de sempre, adicionar texto, carregar ficheiros, links, fotos, filmes,...
O Padlet contém 11 templates de mapas.

Foi também acrescentado o mural que permite a criação de timelines.
Gostei muito desta funcionalidade, muito simples, somente um botão mais à frente e atrás do novo item. Simplicidade!

Vejo imenso potencial destes dois novos recursos que o Padlet disponibiliza para serem utilizados em sala de aula.
Um exemplo simples, pensem nos sítios que já visitaram e coloquem esses mesmos sítios no mapa e posteriormente...numa timeline. Muito potencial nestes dois novos murais.

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Mindmup - Criar mapas mentais


Os mapas mentais são ferramentas que apelam à criatividade. Este tipo de recursos podem ser usados para diferentes finalidades e os alunos muitas vezes surpreendem quando usam estas ferramentas.
Gosto do mindmup, porque é simples no processo de criação.
Criamos o nó principal e depois vamos criando nós ramificados e temos o nosso mapa mental feito.
Depois, se o pretendermos podemos ir para as personalizações e neste aspeto continuo a gostar do mindmup, pois permite, entre outras possibilidades:

  • modificar a cor de fundo e do texto do nó;
  • aumentar o tamanho do nó e da fonte;
  • formatar o alinhamento do nó;


Funcionalidades mais do que suficientes para ser uma das minhas ferramentas preferidas neste âmbito.

A finalizar, gosto muito dele, pois não é necessário criar registo para se criar um mapa mental e no fim podemos exportar em PDF ou em diferentes tipos de imagem.


segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Nomes aleatórios


Wheel of names é um serviço simples mas que nos pode ser bastante útil em sala de aula.
Há muitos serviços deste género na web, gostei deste porque me permite guardar a lista de nomes, temas ou aquilo que realmente nos interessar.
Além disso, tem ainda alguns parâmetros que podem ser personalizados, como a remoção da opção que saiu, o tempo que roda, o som e permite ainda ao invés de trabalhar com texto, trabalhar com imagens...
É daquelas ferramentas que coloco no canivete suiço tecnológico para a sala de aula.

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Book Creator - Excelente serviço para criar ebooks


Uma aplicação muito simples e que permite criar ebooks com muita facilidade.

O Book Creator permite a inserção de itens multimédia, como:

  • imagens,
  • mapas,
  • elementos a partir do nosso pc ou do drive
  • a gravação de clips de voz e
  • ainda embutir código
permite também:

  • texto,
  • escrita manual


Tem uma parte dedicada aos "comics" com painéis de diferentes tiras de BD, mas que não quer dizer que tenham mesmo ser BD, basta ser criativos. Nesta secção ainda contém balões de falas e de pensamentos, para além disso, tem ainda modelos com diferentes estruturas que podem ser stickers e diferentes textos.
Por último podemos ainda acrescentar algumas formas como triângulos, quadrados, estrelas, ...

No final podemos personalizar o nosso livro com cores de fundo bastante discretas ou apelativas, é uma questão de gosto.

Quando o mesmo se encontrar finalizado podemos partilhá-lo online, publicar como ebook(epub) ou imprimir.

Vejo um potencial enorme deste aplicativo na educação.
Já criei alguns para usar em sala de aula e cada vez mais utilizo esta ferramenta. É muito simples de usar e tem muito potencial para ser usado quer na sala de aula quer fora desta.

Neste pequeno tutorial podem ver a simplicidade na criação de um ebook com o Book Creator.



Neste link acedem ao canal do Book Creator com pequenos vídeos que explicam praticamente todas as funcionalidades da aplicação.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

7 serviços para usar na avaliação de diagnóstico

https://pxhere.com/en/photo/1570335

Nestes inícios do ano certamente que grande parte de nós vai realizar avaliação diagnóstico, por isso deixo aqui algumas aplicações/serviços onde o podem fazer.

Quizizz - É uma ferramenta simples de elaboração de questionários que podem ser usados para fazer avaliação na forma de escolha múltipla ou verdadeiro/ falso, mas que também pode ser usada para receber feedback das aprendizagens dos alunos, em tempo real, em sala de aula ou como trabalho de casa. Funciona em jeito de jogo.
Kahoot - Similar ao Quizizz, questões de escolha múltipla em modo de competição.
Socrative - Perguntas(V/F), escolha múltipla, pergunta aberta. Um serviço bastante completo que permite extrair imensa informação.
Mentimeter - Imensas opções, talvez neste momento seja a melhor ferramenta de avaliação formativa. É um verdadeiro "Ferrari" no que diz respeito a aplicações system response. Aconselho!
Google forms - Criação de formulários com ligações, imagens, vídeos,...permite obter a pontuação do aluno.
Plickers - Se em sala de aula os alunos não tiverem acesso a tecnologia o plickers é a melhor solução que existe para avaliar ou como sistema de resposta.

e claro, se usarem edmodo, também podem lá fazer quizzes

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Uma presença na web


https://live.staticflickr.com/1286/1088087730_c37099c5b5_b.jpg

Sempre que começa um ano letivo tenho uma tendência para me repetir no que diz respeito ao assunto deste post...

A verdade é que tenho alguma dificuldade em perceber porque razão grande parte dos professores ainda continua a não ter um canal de comunicação com os alunos para além do espaço escolar. Deixo aqui claro, que não me refiro a um canal que nos faça estar constantemente a comunicar com eles...há tempo e momentos, para tudo!
Refiro-me como é claro, a uma plataforma onde possamos comunicar com os alunos e que nos ajude a organizar toda a informação em torno da turma.

Sei que muitos de nós usamos o mail para o fazer, mas...este se for um canal para tirar alguma dúvida a um aluno...tudo bem, mas se o fazemos para esclarecer dúvidas, receber trabalhos, partilhar documentos, só para citar três exemplos, então o mail, deixa de ser uma boa opção.

Para isso, existem as plataformas LMS que nos permitem comunicar e organizar toda a informação em torno da nossa turma. Quem segue o blogue sabe que a minha preferida é o Edmodo. Acho a plataforma muito intuitiva e como tal simples de utilizar. Fica tudo armazenado ali, as partilhas com os alunos, os trabalhos recebidos e avaliados, com indicação de fora ou não de prazo, com feedback para o aluno, elaboração de questionários, discussões...enfim uma série de questões que nos poupam tempo.

https://live.staticflickr.com/210/509948828_39a95be839_z.jpg

Outra LMS que tem vindo a crescer é o Classroom, admito que ainda não me convence, embora este ano tenha crescido bastante, é normal, é Google e sei que vai crescer bastante, mas para mim ainda está longe das LMS mais fortes, no entanto, sugiro que a explorem porque começa a ficar interessante.

A finalizar, claro, para a escola, a melhor LMS, chama-se Moodle, digamos que considero o Classroom um Citroen, o Edmodo um BMW e o Moodle, um Ferrari :-)

Mas se ainda não usam nenhuma, comecem a pensar nisso, nem que seja para partilhar informação com os alunos e com o tempo vão ficando mais à vontade na aplicação e daqui a nada percebem que têm andado a gastar tempo em questões que a plataforma faz por vocês.

Querem um exemplo, o que fazem ao trabalho de um aluno de uma determinada turma que receberam....simples, abrem o mail e se o aluno se despedir com nome e turma, já sabem onde o vão guardar, depois avaliam e colocam a nota na vossa folha de registos e registam se enviou fora de prazo ou não. Se quiserem tecer um comentário ao trabalho respondem ao mail e pedem nova submissão. Numa LMS, fazemos tudo no mesmo sítio...recebemos, avaliamos e damos feedback ao aluno e se estiver fora de prazo, ele avisa-nos...espero que só este paragrafo sirva para vos tentar a usar uma LMS este ano letivo.

Abraço a todos.

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Calendário Escolar 2019-20


Normalmente o regresso ao trabalho começa com a elaboração de um dos recursos mais utilizados pelos professores. Assim sendo, partilho com vocês duas versões do calendário escolar para o ano letivo que agora começa e aproveito para desejar a todos...

...um excelente ano letivo.

Calendário escolar 2019-20 - versão 1 - (só até junho 2020)
Calendário escolar 2019-20 - versão 2 - (inclui o mês de julho de 2020)



segunda-feira, 15 de abril de 2019

N@vega Seguro - Contaminação da escola



Anualmente celebra-se o dia da Internet Segura, no mês de Fevereiro. Nesta altura elaborei uma atividade com os meus alunos do 5.º ano que consistia na elaboração de uma dica para utilizar a Internet de forma segura.

A atividade foi planeada para duas aulas, na primeira, os alunos começaram por explorar no site Seguranet jogos previamente selecionados e onde iam apontando as dicas que iam encontrando, num total de 12 por aluno.
Posteriormente, criaram o seu avatar, recorrendo ao Avatar Maker e finalizaram a dica com recurso a uma aplicação de processamento de texto. Neste caso até poderia ter sido outra, mas era a que estava a lecionar na altura.



Para a criação da dica recorri ao Book Creator que permitiu criar a estrutura da dica, o título da atividade "N@vega Segur;)" e a inserção da dica. Para o efeito criei vídeos curtos para cada uma das tarefas.

Foi uma atividade planeada para duas aulas e depois procedemos à "contaminação" da escola espalhando as dicas pelos diferentes espaços escolares onde circulam os alunos.



Em conclusão, os alunos gostaram de ver os seus trabalhos expostos pela escola, trabalharam praticamente de forma autónoma, perceberam que um processador de texto não serve só para a edição de texto, desenvolveram a criatividade, o sentido crítico e expuseram o seu trabalho à crítica e claro, comunicaram...road to Séc XXI ;)

Esta ideia surgiu-me na junção de várias ideias... já tinha visto algures algo similar a esta estrutura e que peço desculpa pelos créditos, mas na verdade, não me recordo onde vi, além disso, em Penafiel, cidade onde vivo, existe um evento denominado Escritaria que faz algo que adoro, contamina a cidade com recursos de leitura com extratos da obra do autor homenageado e que a população pode trazer para casa...juntei tudo e o resultado foi o que se vê nas imagens.


Se gostaram... usem, melhorem e partilhem :)

segunda-feira, 18 de março de 2019

Gamificação -> Google Forms+Edmodo+Canva




Hoje são tempos em que se fala muito de gamificação e onde muitos de nós olhamos para o termo como algo difícil de implementar em sala de aula, ou simplesmente, pensamos em jogos que teremos de criar e que darão muito tempo a concretizar. A gamificação é claramente uma área muito ampla e que pode ser usada de diferentes modos dentro ou fora da sala de aula.

Vou partilhar aqui no blogue uma atividade que desenvolvi com os meus alunos a meio do primeiro período e onde se encaixa perfeitamente a gamificação e feita de suma forma muito simples.

Este ano, pela primeira vez estou a dar aulas ao 5.º ano, alguns destes alunos já tinham sido meus alunos no quarto ano, onde lecionava programação com recurso a tablets.
Chegando estes ao quinto ano apercebi-me rapidamente que estamos perante alunos "táteis" se me é permitido usar tal expressão. Ora, na sala onde leciono, só existem computadores e como tal os alunos têm imensa dificuldade em usar o teclado. Após uma aula onde expliquei o funcionamento do teclado e de uma pequena tarefa para digitar um texto(algo que já não fazia há imenso tempo) percebi com o tempo que os alunos ainda não dominavam e continuavam a ter dificuldades em digitar determinados carateres, por isso criei um pequeno jogo que consiste em 7 testes para se tornarem um "Keyboarder Expert".

Para passar ao teste seguinte os alunos precisam sempre de tirar 100% no teste.
No final do terceiro teste, é lhe atribuído a medalha de bronze.
No final do quinto a de prata e por último, no final do sétimo a de ouro, tornando-se desta forma um Keyboarder Expert ;)



Para a criação dos testes utilizei o google forms e atribuo as medalhas através da plataforma que uso na sala de aula, o edmodo. Para a criação das medalhas utilizei o canva.

Só uma pequena dica, na criação dos testes usando o google forms, necessitam de usar imagens nas palavras e não texto, para evitar o copy-paste ;)

Esta atividade é para os alunos desenvolverem quando lhes apetecer fora da sala de aula ou então na sala de aula quando terminarem as tarefas propostas, algo que na disciplina de TIC é necessário, pelos diferentes ritmos que os alunos apresentam.

A gamificação, pode ser simples!







terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Transforme uma foto em arte

O site deepart.io permite converter uma foto qualquer em arte ao estilo de Van Gogh ou outro que se pretenda.
O procedimento é muito simples. Transfere-se a imagem para o serviço, escolhe-se o estilo e está pronta.

O site providencia muitos estilos, mas também podemos adicionar o estilo que pretendemos.

Parece-me interessante para os alunos estimularem a criatividade e para poderem por exemplo criar avatares.

Tem um senão, é necessário introduzir o nosso email, pois a imagem quando estiver pronta é remetida para o nosso email e ...pode demorar uns bons minutos!

Apliquei a foto do Texugo cá de casa, ao modelo e deu nisto :)

Boas artes!




segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Competências digitais na educação

Durante o fim de semana tive o prazer de participar nas V Jornadas do Professor promovidas pela Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha onde partilhei com os presentes no evento sobre "Competências Digitas na educação", claro que o meu foco incidiu no professor.
Partilho com vocês apresentação...pena não ouvirem o que eu disse ;)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...